Notícias de "SEO"
Mostrando postagens com marcador SEO. Mostrar todas as postagens
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Várias empresas descobriram as vantagens de terem lojas online anexadas a sua operação, mas poucos conseguem resultados reais em vendas por não investirem de forma correta para obter retorno em vendas.
Para começar, quase 50% das vendas online iniciam em sites de busca. Porém, poucas lojas no Brasil têm uma estratégia de SEO competitiva.
Abaixo colocamos os 10 principais erros de SEO que as lojas virtuais brasileiras apresentam:

1. Falta de Pesquisa de Palavras – Chaves

Muitos gestores de lojas online focam em palavras relacionadas aos produtos, mas esquecem de pensar as palavras direcionando-as aos consumidores.
Pensar em produtos e benefícios é o pensamento mais rápido e comum. É o que gera palavras de alta concorrência, mas que dificilmente colocam sua empresa no primeiro lugar das buscas. O segredo é segmentar ao máximo as palavras focando na usabilidade do seu serviço e em como seus usuários buscam os produtos.
Alguns exemplos:
  • Celular menos de 800 reais
  • Notebook gamer i7 placa dedicada
  • Violão marrom elétrico e case reforçado
A partir destas definições comece a criar posts e conteúdos em cima destas palavras.

2. Fazer Spam com seu próprio conteúdo

Os algorítimos do Google estão cada vez mais refinados e são atualizados constantemente para evitar práticas que até alguns anos atrás geravam resultados.
Então, se você tenta encher suas páginas e metas com palavras chaves achando que terá bons resultados o que vai acontecer é o contrário, o ranking das suas páginas vai cair e sua URL será penalizada.

3. Muito conteúdo duplicado

Pegar o mesmo texto e colocar nas páginas de produtos ou internas para “encher” o site, também é uma prática antiga que hoje o Google enxerga com olhos de reprovação. Copiar textos de outros lugares sem deixar claro que é um conteúdo duplicado também gerará uma avaliação negativa.

4. Falta de depoimentos nos produtos

Passar confiança é fundamental dentro de uma loja virtual e a melhor forma para isto é incentivar depoimentos de clientes. Outra razão é que a cada novo depoimento, o Google a considera como uma atualização da página de produto, rankeando de forma positiva.

5. Urls não Otimizadas

Outro grande erro de algumas empresas é não otimizar as suas urls para as palavras chaves desejadas. Várias plataformas e desenvolvedores ignoram totalmente esta regra gerando lojas com url pouco amigável para o Google, como por exemplo “http;//minhaloja.com.br/product34?12” em vez de “http://minhaloja.com.br/tennis-basquete-azul-neon”

6. Html não fala a linguagem do SEO

Os robôs do Google ao passarem em seu site só leem o HTML. As imagens e outros elementos são invisíveis, por isto a necessidade de se usar ALtTag no HTML em cada imagem para dizer ao Google do que aquele item se trata. Deve-se evitar também, colocar textos dentro de imagens, pois é um conteúdo perdido.

7. Ter um site lento

Código não otimizado, imagens grandes e servidores ruins geram um site lento. O Google tem considerado este fator como determinante em seu rankeamento. Otimizar a velocidade de seu site é fundamental para donos de lojas online.

8. Esquecer os links internos

O Google se alimenta de conteúdos interessantes, por isto, mostrar em suas descrições de produtos links interessantes e relacionados do seu blog é uma ótima estratégia para aumentar seu rankeamento.

 9. Mobile

As últimas atualizações do Google priorizam sites com otimização de código e design para dispositivos mobile. Uma loja que não apresenta design responsivo e também oferece uma experiência de navegação mobile ruim está fadada a resultados ruins na busca.

10. Não tem SSL

Encriptar a navegação dos seus clientes gerando maior segurança para a compra dos mesmos é algo fundamental e que o Google também leva em conta na sua posição de página.
Estes são os principais erros, mas a análise do Google sobre a sua loja é bem mais profunda. Se você deseja conhecer a sua real posição na busca do Google, faça nosso teste gratuito neste link.
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Você pode pensar que sua empresa está fazendo marketing digital apenas por “estar” online, mas, a não ser que você esteja ativamente produzindo conteúdo e gerando movimento diariamente, você não está fazendo da forma correta focando na venda.
Marketing digital é a promoção de produtos e marcas pelo meio online. Isso significa monitorar quantas vezes uma página de vendas é visualizada,  quais conteúdos tiveram maior atração, quantas vendas reais foram contabilizadas e muito mais. A ideia é usar a internet como um meio para que a comunicação chegue nos clientes, e não ser apenas o fim.
Hoje, o marketing digital é algo obrigatório para qualquer empresa, independente de segmento, pois através dele os consumidores podem ter acesso à informações a qualquer hora e lugar. E os donos de empresas também podem monitorar essas interações como os links que os clientes visualizam, gostam e compartilham com amigos pela rede.
A maiorias das empresas  ainda não possui uma estratégia definida de marketing digital, pois acreditam que apenas desenvolver algumas ações táticas já é suficiente para alcançar algum resultado. Mas o que enxergamos diariamente são empresas descontentes com os seus esforços de marketing. Isto acontece pois desenvolver ações sem uma estratégia não permite um aprimoramento dos resultados.
Outro ponto ruim da falta de estratégia é que sem ela, não é possível aprender o que realmente os consumidores online desejam, perdendo oportunidades de melhorar o seu esforço de vendas e diminuir custos com prospecção.
Existem 7 grandes categorias dentro do marketing digital e um resultado consistente só é alcançado quando se desenvolve estratégias alinhadas entre todas elas. Usar apenas uma é o mesmo que aquele vendedor que tem sempre o mesmo discurso de venda. Diversificar a sua estratégia nas áreas de SEO, SEM, conteúdo, social media, PPC, afiliados e email/sms marketing é o que colocará sua empresa na frente dos concorrentes.
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Hoje em dia a melhor forma de promover qualquer negócio é a utilização de uma estratégia de marketing digital eficiente. Abaixo encontramos 7 razões para te convencer por que usar estratégias digitais.
1- Marketing digital custa menos
Esta razão já é conhecida por muitos. Mas quando falamos em custo menor, não pense que estamos falando que digital é “algo barato” ou “grátis”. Para você ter um resultado é preciso investimento.  Isto é física! Como tudo na vida, o seu resultado é proporcional a força empregada. Gastar pouca energia, gera poucos resultados. Não existe mágica para isto. O que acontece é que neste meio o alcance e assertividade são infinitamente maiores, gerando uma melhor performance de resultados no seu valor investido.
Além disto, se compararmos com outros meios tradicionais a eficiência de uma boa estratégia digital é infinitamente maior.
2- Marketing Digital é mensurável
Hoje é possível monitorar e gerar dados das mais simples ações online. Todas as estratégias possíveis podem ser monitoradas em questões de eficiência e retorno.
As empresas que investem no estudo da jornada de compra de seus clientes conseguem monitorar os resultados e identificar problemas de forma rápida.
3- Marketing Digital tem mais alcance
Nos velhos tempos de mídia, a forma de pagamento estava diretamente ligada ao alcance daquele espaço. Com a evolução dos Adservers uma forma mais vantajosa de venda de mídia surgiu no mercado que é o Clique.
Redes Sociais, Google e outros oferecem formas de anúncio por clique em que o empresário não paga pela quantidade de pessoas que viram, mas só por aquelas que realmente clicam no anúncio, isto permite um aumento de alcance gigantesco.
Se antes sua mídia estava limitada a um certo número de audiência, agora sua audiência aumenta até chegar a um número de cliques delimitado.
4- Marketing digital é menos invasivo que a mídia de massa
Se a mídia de massa se pauta na interrupção para divulgação da mensagem, o marketing digital segue outro caminho.
Por exemplo: Marketing nas buscas é baseado em mostrar a empresa para quem está buscando ela naquele momento.
Social Media é baseado em acompanhar interesses. Se para determinado cliente sua empresa não lhe interessa mais, basta ele parar de “seguir.”
Email Marketing segue regras de adição e criação de listas, como também leis e ferramentas de saída que impedem uma interrupção do usuário.
5- Marketing Digital foca onde o cliente está 
Um dos mantras do marketing é passar a mensagem onde o possível cliente está.
E hoje com certeza sua audiência está nos meios digitais independente de qual seus o seu produto ou serviço.  Seja celulares, computadores ou TVs o alcance da internet cresce diariamente em todas as faixas etárias e classes da população.
6- Marketing digital se integra com o mundo real
Já pesquisou um produto e loja online para depois ir no ambiente físico comprar? Muitas pessoas fazem isto e esta não é a única forma que os dois mundos se conectam.
Na verdade, com a evolução das tecnologias de realidade aumentada e virtual, como enxergamos no sucesso do Pokemon Go por exemplo, são apenas o começo de um panorama de novas ações de marketing e formas diferentes das empresas se conectarem com seus clientes.
7- Marketing Digital Inbound é o melhor investimento
Resumindo todas as razões acima, o marketing digital inbound é o investimento que gera maior retorno. Por que? Pois o Inbound Marketing é  baseado em atrair seus clientes de uma forma pouco intrusiva e o leva a comprar seu produto de uma forma natural através de conteúdo, aparecendo no momento certo da compra.