Notícias de "Polícia"
Mostrando postagens com marcador Polícia. Mostrar todas as postagens
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Modelos são presos com 5 quilos de cocaína no Aeroporto do Recife


Droga estava escondido no fundo falso de bagagens Foto: Divulgação/PF-PE

Um homem e uma mulher que trabalham como modelos forampresos em flagrante pela Polícia Federal (PF) em Pernambuco por tráfico internacional de entorpecentes nesse domingo (11) no Aeroporto Internacional do Recife, localizado no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul da Capital. 

Segundo a PF, eles não se conheciam, mas teriam sido aliciados pelo mesmo traficante. A suspeita da polícia é de que agentes de moda estariam aliciando e incentivando jovens modelos a servir de transportadores de drogas como promessa de carreira promissora na moda na Europa.

Leia também:
Catarinense é preso em flagrante com 2,1 kg de cocaína no Aeroporto do Recife
Pernambucano é preso com 1,2 tonelada de cocaína em Alagoas

A primeira prisão aconteceu na madrugada do domingo, por volta da 1h45. A paranaense Patrícia Aparecida Branco, de 21 anos, teve as bagagens examinadas por aparelhos de raios X após uma análise prévia. Uma placa retangular colocada dentro da mala para formar um fundo falso foi identificada. Os policiais abriram e encontraram um invólucro com 2,8 quilos de cocaína. Além da droga, foram apreendidos um cartão de embarque, um celular, e € 850 (aproximadamente R$ 3,6 mil).

Fonte:Folha PE
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Troca de tiros na Penitenciária Barreto Campelo deixa dois mortos

Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Policiais do 17º Batalhão da PM foram acionados para conter uma troca de tiros na peniteniciária Barreto Campelo, em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife. O tumulto começou no início da noite desta quarta-feira (24). Até o momento foram confirmadas, pelo Instituto Médico Legal (IML), duas mortes e um ferido.
A confusão se deu por conta de uma briga entre presos. "Estávamos fazendo policiamento do local quando escutamos disparos de arma dentro do presídio e subimos para a guarita, onde observamos que dois presos haviam sido alvejados", disse a cabo Shirley Carvalho, da Radiopatrulha. "Provavelmente foi rixa entre eles. Porque hoje (quarta-feira) chegaram cerca de 15 presos do (presídio) Aníbal Bruno", completou.
O tumulto na penitenciária foi iniciado próximo das 17h30. O controle foi reestabelecido apenas às 19h40. A polícia apreendeu um revólver calibre 38. Os envolvidos na confusão foram Leandro de Araújo de Assis, 27 anos, que morreu no local, Jaime José Moisinho, 51 anos, que chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital de Itapissuma; e Evaldo José de Golveia, 19, que foi ferido.
De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, este último está bem. Ele teve dois ferimentos, um no tórax e outro no abdômen. Foi feita uma drenagem e está sendo aguardada uma sutura. Evaldo José está respirando naturalmente e, após a sutura, deve subir pra enfermaria.
Segundo a polícia civil, o tumulto teria começado com uma briga entre dois detentos na laje na penitenciária. Após ser alvejado por um tiro, um dos presos, ferido, conseguiu pegar a arma e atirar também. Esses seriam Evaldo, que tá no HMA, e Jaime José, que morreu no hospital de Itapissuma.
Fonte: Folha PE
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Preso suspeito de aplicar golpes em venda de imóveis em PE e na PB

Delegado Breno Varejão Foto: Divulgação/PCPE

Um homem 
suspeito de estelionato foi preso em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR), nessa quinta (18). De acordo com a Polícia Civil de PernambucoRobson Santos de Lima, de 38 anos, realizou golpes envolvendo compra e venda de imóveis no Recife e em João Pessoa, na Paraíba, e teve mandado de prisão expedido pela Justiça da Paraíba desde o mês de setembro.

Segundo o delegado Breno Varejão, titular da Delegacia da Rio Branco, Robson atuava juntamente com outros dois suspeitos, Washington Luiz de Castro Luna, 40 anos, e André Luís Araújo de Castro, 32 anos, presos na Paraíba em agosto quando estavam com uma vítima em um cartório para assinar o contrato de venda de um imóvel que não pertencia a eles. A vítima iria transferir um valor de R$ 12 mil de entrada. "Eles usavam os dados de Robson para alugar o imóvel e ter a posse e a chave para anunciar e transacionar de maneira fraudulenta", contou Varejão. "A polícia da Paraíba conseguiu prender os dois, mas Robson fugiu. Eles entraram em contato com a Polícia Civil de Pernambuco e pediram nossa colaboração para o cumprimento da prisão", acrescentou.

Leia também:
Suspeitos de latrocínio em Sirinhaém são detidos
Investida contra bancos no Agreste tem troca de tiros e suspeito morto


Ainda segundo o delegado, a PCPE se aprofundou no caso e verificou que existiam Boletins de Ocorrência registrados em Pernambuco contra Robson. "Em um deles, ele teria participado de uma venda de uma casa em Petrolina, na qual a vítima chegou a depositar R$ 15 mil para a conta de Washington, orientada por Robson, referente à entrada da compra", contou. Na ocasião, Robson acompanhou a vítima ao cartório, onde reconheceram firmas. "Quando a mulher percebeu ter caído num golpe, procurou a polícia", complementou Varejão.

Além disso, a polícia constatou mais dois registros contra o suspeito em relação a uma compra de pneus no valor de R$ 7 mil, que não foi paga. "Consta que uma terceira pessoa, de nome Gilberto, teria feito a transação e combinou de um portador, que seria Robson, buscar os pneus no estabelecimento comercial", disse o delegado.

Robson Santos de Lima foi encaminhado ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

PF e MP prendem 26 policiais militares do Rio associados ao tráfico

PF e MP prendem 26 policiais militares do Rio associados ao tráfico


Ao todo, 81 pessoas foram presas nesta terça-feira (16) em uma grande operação realizada pelo Ministério Público do Rio em conjunto com a Polícia Federal e agentes da Coordenadoria de Inteligência do MP, com a finalidade de cumprir 100 mandados de prisão e 191 mandados de busca e apreensão, para desarticular uma organização criminosa que atua nas cidades de Volta Redonda, Itatiaia e Resende, no sul fluminense.

Leia também
Policial Civil é julgado em audiência de custódia após intimidar taxistas com arma
Pernambucano que se passava por policial civil é preso em Alagoas


O esquema envolvia 32 policiais militares do 28º batalhão da PM (Volta Redonda), acusados de associação criminosa armada, corrupção, tráfico de drogas, roubo, além de envolvimento com traficantes em troca da permissão do comércio de drogas nos três municípios. Do total de presos, 26 são policiais militares. As ações foram desdobradas em duas: a Operação Sideros, contra os policiais militares e 57 traficantes da cidade de Volta Redonda, e a Operação Confinados, contra 13 traficantes de drogas de Itatiaia e Resende.

Ligação com o tráfico
A denúncia do MP apresentada à Justiça revela que os grupos de traficantes desempenhavam suas ações ilícitas graças à conivência de policiais lotados no 28º BPM. Os militares corruptos não coibiam a venda de entorpecentes e, em conjunto com traficantes de drogas, promoviam o voto para favorecer político de interesse do tráfico, além de atuar no assassinato de traficantes inimigos que também atuavam na região.

Com base em escutas telefônicas, o MP informa na denúncia a ousadia dos traficantes de drogas. Um traficante reclama que os policiais estão “chatos”, pois encostaram duas viaturas, interditando a via pública e parando carros. Em seguida, os próprios policiais devolvem a droga e exigem dos traficantes o pagamento de R$ 1.500. Um outro trecho da denúncia aponta um episódio em que um traficante lamenta pela droga apreendida que transportava. Neste caso, o policial cobrou R$ 5 mil para liberar o entorpecente.

Em outro episódio, o valor pago a um policial militar para o resgate das drogas foi de R$ 500. Também há relato sobre o pagamento de propina, quinzenalmente, no valor de R$ 5 mil para os policiais corruptos. Todos esses relatos fizeram parte da denúncia encaminhada à Justiça para autorizar a ação. Em nota, a assessoria de imprensa da Polícia Militar confirmou que 26 policiais foram presos durante as operações desencadeadas nesta terça-feira (16), nas cidades de Volta Redonda, Resende e Itatiaia, em conjunto com o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público. Os policiais já estão sendo conduzidos para a Unidade Prisional da Corporação, em Niterói, e estão à disposição da Corregedoria da corporação.

Fonte: Folha PE
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Quadrilhas envolvidas com homicídios e tráfico de drogas são alvo de operação em Pernambuco


Quadrilhas envolvidas com homicídios e tráfico de drogas são alvo de operação em Pernambuco

A Polícia Civil realizou, nesta terça-feira (28), duas operações contra organizações criminosas envolvidas em homicídios e tráfico de drogas em Pernambuco. Foram expedidos 26 mandados de prisão e 23 de busca e apreensão. 

Desse total, 23 mandados de prisão foram cumpridos nas duas operações. Ao todo, 16 eram alvos que estavam soltos e os demais se encontravam no sistema penitenciário.

A Operação Califados teve como alvos quadrilhas com atuação na Região Metropolitana do Recife. A Vara Criminal da Comarca da capital expediu seis mandados de busca e apreensão, além de 15 de prisão. Treze mandados de prisão foram cumpridos e dois alvos são procurados.

Desse total de mandados de prisão expedidos, seis foram contra pessoas que já estavam em unidades do sistema penitenciário. Houve sete capturas durante a deflagração da operação.

As investigações começaram em novembro de 2017 e foram lideradas pela delegada Beatriz Fakih, da Delegacia Seccional de Boa Viagem, na Zona Sul da capital.

Policiais capturaram suspeitos de integrar quadrilhas envolvidas em homicídios e em tr´fico de drogas no Grande Recife e no interior — Foto: Polídcia Civil/Divulgação Policiais capturaram suspeitos de integrar quadrilhas envolvidas em homicídios e em tr´fico de drogas no Grande Recife e no interior — Foto: Polídcia Civil/Divulgação
Policiais capturaram suspeitos de integrar quadrilhas envolvidas em homicídios e em tr´fico de drogas no Grande Recife e no interior — Foto: Polídcia Civil/Divulgação

De acordo com o chefe da Polícia Civil, delegado Joselito do Amaral, a ação desarticulou três quadrilhas rivais. Elas atuavam nas comunidades de Entrapulso, Veloso e Fazendinha, na Zona Sul.

"A ação teve como alvos principais três lideranças, os califas. Por isso, o nome da operação é califados. Foram mapeados, ao longo da investigação, sete assassinatos atribuídos aos grupos", afirmou.

Interior
Na operação Rota das Russas, a polícia teve como objetivo desarticular um grupo com atuação no Agreste do estado. Para a ação, a Vara Criminal da Comarca de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, expediu 11 mandados de prisão e outros 17 de busca e apreensão.

O delegado Joselito do Amaral informou que 10 mandados de prisão foram cumpridos. Entre os presos está um homem que cumpria pena em regime semiaberto e era monitorado por meio de tornozeleira eletrônica.

Nove alvos foram presos na deflagração da operação e um estava em uma unidade do sistema penitenciário.

Polícia Civil prende suspeitos de tráfico em operação em Pernambuco

A ação ganhou o nome de Rota das Russas por causa da área de atuação das quadrilhas, que usavam a Serra das Russas para se deslocar. (Veja vídeo acima)

"Gravatá, no Agreste, Glória do Goitá e Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, são as cidades em que os bandidos mais atuavam", afirmou Amaral.

O chefe da Polícia Civil disse, ainda, que foram apreendidos revólveres, pistolas e drogas, como maconha e crack. "Os homicídios eram praticados por causa da disputa territorial pelo tráfico", observou.

A Operação Rota das Russas foi liderada pela Diretoria Integrada Especializada (Diresp), sob responsabilidade do delegado Álvaro Grako.

Os presos e apreensões da Operação Rota das Russas foram encaminhados para o Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), em Afogados, no Recife. Os detidos na Califados seguiram para o Grupo de Operações Especiais (GOE), também na capital.

Fonte: G1
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.
Polícia prende suspeitos de roubo de cargas em cinco estados
Polícia prende suspeitos de roubo de cargas em cinco estados

Quarenta e seis pessoas foram presas em megaoperação deflagrada pela Polícia Civil do Distrito Federal e pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). As detenções e os 70 mandados judiciais de busca a apreensão foram cumpridos ontem e hoje (11) em 16 cidades, na capital federal e em cinco estados: Bahia, Mato Grosso do Sul, Paraná, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo.

Os resultados foram divulgados pelo Ministério Público do Distrito Federal, que acompanhou as ações com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Receita Federal e da Força Aérea Brasileira (FAB) nos estados. Dois mandados de prisão não foram cumpridos e continuam em aberto.

Denominada Torre de Babel, a operação é um desdobramento de outras duas investigações da Polícia Civil do Distrito Federal que resultaram na deflagração das operações Porto Seco, contra o roubo e furto de cargas, e Ilha da Fantasia, contra o tráfico de drogas. Segundo a Polícia Civil, a organização criminosa interestadual vinha sendo investigada há nove meses pela Divisão de Repressão ao Crime Organizado e pela 2ª Promotoria de Justiça de Entorpecentes do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

Segundo o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPFDFT), provas preliminares indicam que o traficante Antônio Cesar Campanaro, o Toninho do Pó, está envolvido em outros crimes como roubo de carga e lavagem de dinheiro, e teria comparsas em outras unidades da Federação. Estão entre os presos na operação Toninho, a esposa, dois filhos e uma enteada.

Toninho do Pó foi preso em Morro de São Paulo, na Bahia, em uma pousada que os investigadores acreditam ser de sua propriedade. Entretanto, apesar de ter sido encontrado com diversos carros de luxo, um deles com fundo falso com mais de R$ 70 mil, ele não possui nenhum bem em seu nome. As investigações continuam para quantificar o patrimônio do traficante.

Participaram da operação 300 policiais das seis unidades da federação, com três helicópteros, quatro aviões (incluindo duas aeronaves da FAB), um ônibus e 60 viaturas policiais. As aeronaves foram necessárias para conduzir os suspeitos para Brasília.

Fonte: Diário de Pernambuco
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Suspeitos de roubos a bancos são presos no Grande Recife

Suspeitos de roubos a bancos são presos no Grande Recife


Foragido do sistema prisional, onde estava detido por roubos a bancos e carros fortesRodney Ferreira Gaião, mais conhecido como Gaião, de 38 anos, foi recapturado pela Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) na última terça-feira (9). A prisão aconteceu por volta das 13h no bairro de Beberibe, na Zona Norte do Recife, após troca de informações entre os serviços de inteligências da PCPE e do sistema prisional, e foi apresentada nesta quinta-feira (11) pela polícia. 

Além de Gaião, foram presos Francisco Filipe do Nascimento Freitas, o "Ceará", de 29 anos, e Francisco Anderson Costa dos Anjos, conhecido como "Anderson Cabeleireiro", de 25. O grupo se preparava para assaltar um carro forte no bairro do Arruda, também Zona Norte, na tarde do mesmo dia segundo a polícia. 

Leia também:
Seis homens são mortos ao tentar roubar avião em Salgueiro
Assaltantes de banco e carro-forte são presos no Sertão de Pernambuco


As informações da inteligência eram de que Gaião esteve no estado do Ceará e havia retornado a Pernambuco. A partir destas informações, foi desencadeada uma ação com o objetivo de capturar o suspeito, que já responde por diversas condenações por roubos a bancos e carros fortes. 

Na residência em que Rodney se encontrava no momento da prisão, foram apreendidos uma pistola .40um colete balísticotoucas balaclavas e três camisetas da Polícia Civil. Após a interceptação, o suspeito indicou uma outra casa no bairro do Janga, no Paulista, Região Metropolitana do Recife, onde foram presos os outros dois homens.

Fonte: Folha PE
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Pernambucano que se passava por policial civil é preso em Alagoas


Pernambucano que se passava por policial civil é preso em Alagoas


Um pernambucano de 35 anos que se passava por um policial civil foi preso nessa quarta-feira (10) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Sertão de Alagoas. O suspeito usava umaidentidade falsa e uma camisa da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) e estava com carro roubado, armas, munições e drogas.

De acordo com a PRF, policiais faziam ronda por volta das 19h na BR-423 no município de Canapi, em Alagoas, quando avistaram um carro ligado parado em frente a um restaurante. Ao abordar o veículo, o motorista desceu do carro se identificando como policial civil de Pernambuco, vestindo uma camisa da instituição, colete à prova de balas e armado. Os agentes perceberam que, no momento da abordagem, dois homens que estavam dentro do restaurante saíram correndo em direção à caatinga, e desconfiaram da identidade do condutor. 

Leia também:
Suspeitos de roubos a bancos são presos no Grande Recife
Motorista de Uber é preso como suspeito de estuprar adolescente de 14 anos


Ainda segundo a PRF, o suspeito chegou a apresentar a identidade falsa, mas confessou que não era policial e que os dois homens que fugiram estavam com ele e pretendiam praticar assaltos na região. Dentro do veículo, foram encontradas as armas, munições e drogas. O carro usado pelo suspeito foi roubado em Brasília em julho desse ano.

O falso policial tem passagens pela polícia pelos crimes de roubo a banco, carro-forte e outros assaltos. Contra ele, também foi constatado um mandado de prisão em aberto expedido pela Justiça Federal de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. A ocorrência foi encaminhada para o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Mata Grande, em Alagoas.

A equipe da PRF solicitou apoio dos policiais militares do 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM) para fazer o resgate da dupla fugitiva, mas ninguém foi encontrado até o momento.

Fonte: Folha PE