Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens

Leite em caixinha é um veneno? Por que ele dura tanto tempo?

6:30:00 AM

Leite em caixinha  é um veneno? Por que ele dura tanto tempo?

felipe.oliveira_silva

#respost. do @joaopaim_nutricao . O leite vendido em caixinha tem algum conservante? Por que Dura tanto?
O leite brasileiro vendido em embalagens cartonadas, em forma de caixa, é processado com temperaturas ultra-altas (do inglês Ultra High Temperature), ou seja, são aquecidos a temperaturas entre 137o C a 150oC por 3 a 5 segundos. Nessas condições, todos os microrganismos do leite cru são inativados. Nesse tipo de produto não há adição de conservantes, uma vez que todos os microrganismos devem ser eliminados. Exceções ocorrem (ou seja, há microrganismos viáveis dentro da embalagem) quando altas contagens (superiores a 4 log/ml) de microrganismos esportulados, principalmente do Bacillus sporothermodurans, estão presentes na matéria-prima ou houve falha nos processos térmicos e na vedação da embalagem. É importante lembrar que alguns Bacillus sporothermodurans podem estar no leite UHT, contudo não há risco à saúde ou risco de deterioração significativa do produto. O longo período da vida de prateleira desses produtos (4 a 6 meses) é baseado na ausência de microrganismos vivos no produto processado e também devido à resistência média das embalagens. Embalagens velhas ou danificadas podem apresentar microfissuras, pelas quais microrganismos podem acessar o produto. Conteúdo autorizado e gentilmente cedido para reprodução no o blog Food Safety Brazil, por Eduardo Tondo e Sabrina Bartz, autores de Microbiologia e Sistemas de Gestão da Segurança de Alimentos.

Fonte: https://foodsafetybrazil.org/o-leite-vendido-em-caixinha-tem-algum-conservante-por-que-ele-dura-tanto/


CRAS 3 inicia serviços no Distrito de São Severino

3:10:00 PM

CRAS 3 inicia serviços no Distrito de São Severino


A Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Assistência Social e Juventude iniciou os serviços do CRAS 3 na Escola Dom Ricardo de Castro Vilela, no Distrito de São Severino.
Com brincadeiras e atividades físicas os profissionais realizaram brincadeiras e aulas de ginásticas para idosos e crianças. Também foram realizados serviços de saúde e o preenchimento do Cadastro Único – CadÚnico.
“Ficamos muito felizes em ter essas ações aqui, porque além de ser divertido para nossas crianças e idosos é um incentivo para que pratiquem exercícios físicos e cuidem mais da saúde” disse o administrador distrital, Sandro Silva.

Projeto Criança Feliz: Secretaria de Assistência Social inicia visitas domiciliares

2:58:00 PM

Projeto Criança Feliz: Secretaria de Assistência Social inicia visitas domiciliares


O dia hoje começou de forma especial para a família de Daniela Santos. Ela recebeu em sua residência a visita da equipe da Secretaria de Assistência Social que através do projeto Criança Feliz proporciona o fortalecimento dos vínculos familiares.
“Estou muito feliz com as visitas e é bom, pois aprendemos a nos comunicar e a brincar com as nossas crianças. Muitas vezes, nossos filhos têm algum ‘probleminha’ e não percebemos. Então, a interação nos ajuda a perceber pequenos detalhes que, às vezes, passam despercebidos”, disse Daniela, mãe do pequeno Yuri Leandro, 1 ano e 8 meses. 

Além da família de Daniela, o serviço está contemplando outros lares gravataenses.
As visitas tiveram início há duas semanas e estão sendo realizadas na área urbana por 35 profissionais e estagiários da Secretaria de Assistência Social.  O cronograma de atendimentos ocorre de acordo com o mapeamento realizado pelos Centros de Referência de Assistência Social – (CRAS) do município.  
A estudante de Pedagogia Larissa Rodrigues, uma das estagiárias que atuam no programa, explica quais são realizados os procedimentos.

“No primeiro momento, a gente preenche uma ficha com os dados da mãe e da criança para saber a demanda daquela família. Depois, realizamos atividades de interação na própria residência e isso é muito importante, pois o contato com os pais ou responsável ajuda no crescimento dos pequenos”, falou.

Para dar início ao projeto, a Prefeitura de Gravatá promoveu uma capacitação para os estagiários das áreas de Psicologia, Pedagogia e Assistência Social. 
O projeto Criança Feliz tem como objetivo reforçar o vínculo entre as crianças com os pais ou cuidadores e, também, entre gestantes, suas famílias e/ou seus companheiros, através de visitas em suas residências.
O Coordenador do projeto, Alison Pereira, explica que apenas famílias com gestantes e/ou com crianças de 0 a 3 ou 0 a 6 anos que recebem Benefício de Prestação Continuada  – (BPC) podem participar da ação.

“Para receber as visitas e participar do projeto Criança Feliz, é necessário estar inscrito no Cadastro Único – (CadÚnico) ou programas sociais. Essa ação é de suma importância, pois auxilia o fortalecimento de vínculo familiar”, disse o coordenador.

ESPORTE Atletas de Gravatá se destacam no Fest Vôlei

2:44:00 PM

Atletas de Gravatá se destacam no Fest Vôlei


Gravatá foi sede de mais um evento esportivo. Neste fim de semana, foi a vez da 4ª edição do Fest Volei, um evento que reúne alunos e jogadores de times de Vôlei de todo o estado de Pernambuco. Vários atletas se destacaram e levaram o nome de suas escolas e de suas cidades para âmbito regional.
O Fest Vôlei acontece anualmente. A edição deste ano reuniu mais de 400 jogadores de dez cidades. No total, sete equipes de Gravatá participaram. Dessas equipes, duas escolas levaram medalhas para casa. Entre elas, a Escola Batista Betânia de Gravatá, na categoria Mirim Feminino, a Cônego Eugênio Vila Nova, na categoria Adulto Masculino, além do time Novo Vôlei Gravatá – (NVG), que é coordenado pelo professor de Educação Física Nelson Moraes.
O evento contou com o apoio da Prefeitura de Gravatá. A organizadora do Fest Vôlei, Diana Rodrigues, professora de Educação Física, destaca a importância de sediarmos este evento.
“O campeontato tem uma extrema importância para o estado e é esperado todo ano pelos pernambucanos. Este é um incentivo aos jovens de buscarem o esporte. Além de ser um evento bem estruturado, ele conta com a arbitragem da Federação de Vôlei Pernambuco.” comenta.

Prefeitura de Gravatá realiza palestra sobre DST’s e gravidez na adolescência para alunos do Ensino Médio

2:30:00 PM

Prefeitura de Gravatá realiza palestra sobre DST’s e gravidez na adolescência para alunos do Ensino Médio


Os alunos do primeiro e segundo anos do Ensino Médio da EREM Devaldo Borges participaram nesta terça-feira (20) de uma palestra com o tema: “Doenças Sexualmente Transmissíveis – (DST’s) e Gravidez na adolescência”, promovida pelas Secretarias da Mulher e de Saúde.
Com o intuito de conscientizar os jovens quanto aos perigos que estão expostos na contração de DST’s e da gravidez na adolescência, o Enfermeiro Hercílio Guimarães abordou o tema trazendo esclarecimentos sobre formas de contaminação e da importância da prevenção destas doenças.
Apesar de as DST’s poderem ser contraídas em qualquer idade, o Coordenador desta área na Secretaria Municipal de Saúde, Humberto Torres, informa que os jovens são os que menos procuram as Unidades de Saúde da Família para fazerem exames de detecção destas doenças. Por este motivo, faz-se necessário que palestras como esta sejam realizadas entre grupos desta faixa etária.
Taciana Medeiros, Secretária da Mulher fala sobre a necessidade da realização desta palestra entre o público jovem.
“Esta parceria com as secretarias municipais e as escolas estaduais tem sido fundamental, porque a gente aborda o tema em uma linguagem que o jovem entende e participa. A saúde preventiva é a melhor forma de cuidar da nossa gente e tem um custo menor para o município”, esclarece.
Felipe João, 18 anos, estudante do segundo ano, fala de sua experiência em ter participado da palestra.
“Foi muito importante porque a gente fica mais consciente e ligado com qualquer mudança no nosso corpo. Só o fato de se prevenir e manter uma boa higiene já ajuda muito. Aprendi bastante hoje”, conta.
O que são as DST’s?
Doenças Sexualmente Transmissíveis são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos que são transmitidos, principalmente, através de relações sexuais sem o uso de preservativo com uma pessoa que esteja infectada. Geralmente, se manifestam por meio de feridas, corrimentos, bolhas ou verrugas.
Usar preservativos em todas as relações sexuais (oral, anal e vaginal) é o método mais eficaz para a redução do risco de transmissão das DST’s, em especial do vírus do HIV.
Outra forma de infecção pode ocorrer pela transfusão de sangue contaminado ou pelo compartilhamento de seringas e agulhas e, também, pelo uso de drogas injetáveis.
O HIV e a Sífilis também podem ser transmitidos da mãe infectada sem tratamento para o bebê durante a gravidez e no parto. E, no caso do HIV, a transmissão se dá, também, na amamentação.
A gravidez na adolescência também é um dos casos mais preocupantes, pois geralmente nessas situações os pais do bebê não possuem condições de cuidarem de seus filhos. Além disso, muitos jovens abandonam a vida escolar para se dedicarem precocemente à criança.
Uma pesquisa realizada pela ONU (Organização das Nações Unidas) mostra que o Brasil tem 68,4 bebês nascidos de mães adolescentes a cada mil meninas de 15 a 19 anos.

Alunos de Escolas Municipais participam de Feira de Ciências e Robótica

10:58:00 PM

Alunos de Escolas Municipais participam de Feira de Ciências e Robótica


Foi realizada nesta quarta-feira (14) mais uma edição da Expociências, Feira realizada pela Escola Recrearte que promove a exposição de projetos de biologia, química, física e iniciação robótica realizados por alunos do Ensino Fundamental. A grande novidade deste ano é a participação das escolas municipais.
A Feira que já é um sucesso, foi idealizada pela professora Juliane Ferreira, que já soma títulos e campeonatos nacionais.
“Ano passado fomos 1º lugar no Ciência Jovem e este ano ficamos em 4º lugar. Representamos a cidade no Brasil inteiro e agora a Feira foi ampliada, abrindo as portas para as escolas municipais, que possuem grandes talentos e muitas ideias criativas e inovadoras” disse.
Aluna do 4º ano da Escola Municipal Maria Alice da Veiga Pessoa, Maria Clara, conta que a experiência de colocar a mão na terra e plantar uma horta comunitária tem sido bem diferente.
“A gente conversou com a cozinheira da escola e perguntou o que usava na cozinha para nossa merenda e começamos a plantar os alimentos. Usamos pneus reciclados para fazer o canteiro, plantamos as sementinhas e todos os dias vamos aguar e cuidar das verduras e legumes. É muito legal porque a gente come o que está plantando” falou.
Além dos alunos do 4º ano da Escola Maria Alice, com o projeto da Horta Escolar, com supervisão da Profª Adriana Gomes, também participaram da Expociências a Escola Municipal Capitão José Primo com o projeto “Plantas que Curam  e criam armaduras” realizado por alunos do 5º ano, com supervisão da Profª Kelma Cruz e a Escola Edgar Nunes Batista com dois  projetos, o “Máquinas Simples”, desenvolvido por alunos do 9º ano sob a supervisão da Profª Aldenir Irene e “As fases da Lua no desenvolvimento da agricultura”, com alunos com 5º ano com supervisão da profª Kélia Cruz.
A exposição foi aberta ao público e teve entrada franca.

Universitários realizam visita técnica às obras do programa “Minha Casa Minha Vida”

10:56:00 PM

Universitários realizam visita técnica às obras do programa “Minha Casa Minha Vida”


Um grupo de 50 estudantes dos cursos de graduação em Arquitetura e Engenharia da Faculdade Escritor Osman Lins – (FACOL) realizou uma visita técnica, nesta terça-feira (13), às obras do Programa “Minha Casa Minha Vida” Faixa Residencial I – (FAR I), no bairro Riacho do Mel, loteamento Gravatá.
O objetivo da visita foi proporcionar aos estudantes uma experiência prática quanto 
à avaliação das construções que estão sendo realizadas no local e que também estão sendo fiscalizadas pelo Prefeito Joaquim Neto e pela Secretaria de Infraestrutura.
Dentre os estudantes, 6 são estagiários da Prefeitura de Gravatá. Além dos universitários, estiveram presentes na visitação a Arquiteta Jéssica Lira e o Engenheiro Civil Euclides Gomes, representando a prefeitura e acompanhando os estudantes durante a visita. Euclides Gomes fala da importância dessa visita para a vida acadêmica dos futuros profissionais.
“Essa visita foi muito importante para os alunos, pois a obra do “Minha Casa Minha Vida” está se tornando uma referência por conta do uso da tecnologia e da metodologia diferenciada na área de construção civil. Assim, estamos servindo de modelo e de orientação para os nossos futuros técnicos”, disse.
A estudante de graduação em Arquitetura, Joice Pereira, fala de sua satisfação por ter participado da visita ao projeto.
“A gente vê na faculdade muitos papéis de projetos, porém é mais parte teórica. Quando a gente veio para a obra, vimos muita parte prática e mão na massa mesmo. Vimos como tudo era feito. Fiquei muito feliz e satisfeita por essa oportunidade”, relatou.
A Secretária Executiva de Infraestrutura, Ana Paula Remígio, conta como é bom ver a participação dos universitários neste processo.
“É Importante essa visita dos estudantes da área para ver uma obra desse porte. Isso serve, tanto como aula prática, quanto para o conhecimento individual deles. Ver o interesse dos estudantes em querer ver as obras do município é uma coisa muito positiva, pois mostra a transparência e lisura das obras que nós fazemos, enquanto gestão municipal”, contou.

JOEG 2018: Escolas se preparam para mais uma edição

10:38:00 PM

JOEG 2018: Escolas se preparam para mais uma edição


Entre os dias 29 de novembro e 06 de dezembro, ocorrerão os Jogos Escolares de Gravatá – (JOEG), edição 2018.
Promovidos pela Secretaria de Educação, os jogos este ano terão a participação de estudantes de 25 escolas do município que disputarão nas modalidades futsal, handebol, xadrez, futebol, vôlei e badminton.
A abertura dos jogos acontecerá no próximo dia 29 na quadra da Escola Cônego Eugênio Vila Nova, localizada na Cohab II. No evento, os atletas participarão de um desfile com o trajeto iniciando na Avenida Cleto Capelo e finalizando em frente à prefeitura. Em seguida, os estudantes seguirão para escola da Cohab II para a execução das solenidades de abertura com o Prefeito Joaquim Neto e a realização dos primeiros jogos.
A Coordenadora de Logística do evento Tamirys Saraiva, fala das modalidades e as mudanças que ocorrerão esse ano no JOEG.
“Teremos várias modalidades este ano, como também, teremos a inclusão social nos jogos. Estamos entrando em contato com as instituições da cidade para conseguirmos esse apoio, assim, estudantes com alguma deficiência poderão participar”.

A secretária de Educação, Íris Dias, fala da importância sobre o JOEG.
“Nos eventos esportivos, os jovens se unem para defender as suas escolas e isso é muito importante para a nossa cidade. Os alunos têm a escola como um time e isso se torna um incentivo para eles. Os jogos despertam uma rivalidade saudável entre os adolescentes, pois além de trabalharem em equipe, despertam a consciência de identidade e essa identidade passa a ser a defesa da escola”.
As inscrições ainda estão abertas para os estudantes das escolas da rede municipal. Para realizar a inscrição, o participante deverá levar 1kg de alimento não perecível que será doado para as instituições de caridade locais.

Investimentos são aprovados para a melhoria da educação de Gravatá

10:32:00 PM

Investimentos são aprovados para a melhoria da educação de Gravatá


Comprometido com a educação do município, o Prefeito Joaquim Neto, através da Secretaria de Educação, tem lutado para conseguir investimentos na educação de Gravatá.
Ao lado da Secretária de Educação, Íris Dias, o prefeito realizou visitas à Brasília para verificar o andamento dos investimentos garantidos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento de Educação – (FNDE). Na ocasião, o prefeito conseguiu a aprovação para a construção de quadras poliesportivas em escolas dos distritos de Mandacaru, Avencas, Russinhas e Uruçu-Mirim, além de uma escola de tempo integral que será construída no terreno do Jucá, com 12 salas.
A verba recebida ainda será investida na construção de mais uma escola, próxima a rodoviária, e duas creches, uma localizada no bairro Alpes Suíço e a outra no Cruzeiro.
A Secretária de Educação fala sobre a importância desses investimentos para o município.

“A iniciação das obras é de extrema importância, pois só é possível adquirir uma boa educação possuindo uma boa estrutura. É um sonho poder trazer para as próximas gerações uma melhor estrutura educacional. No futuro, terei orgulho de olhar para trás e ver o bem que fiz junto ao prefeito”.


A construção da quadra na Escola Professor Aderbal Jurema, em Mandacaru, aguarda a aprovação do FNDE para o início das obras. Ao todo, serão investidos R$18 milhões na área de educação.

Prefeito participa de tarde de autógrafos na Escola Municipal da Serra

10:25:00 PM

Prefeito participa de tarde de autógrafos na Escola Municipal da Serra


A Escola Municipal da Serra promoveu uma tarde de autógrafos com os escritores do livro “Quem Somos…”, obra realizada pelos alunos do 4º ano ‘C’ durante a oficina Pequenos Escritores.
A produção autobiográfica relata momentos da vida dos alunos, e aproxima o convívio familiar que tem a oportunidade de ler o ponto de vista das crianças e conhecê-las melhor.
Para a diretora Leide Aragão, o projeto possibilita que os alunos ampliem seu conhecimento.
“É um estímulo à escrita e leitura, permitindo que os estudantes explorem novas possibilidades, conheça novos gêneros textuais e vejam tudo o que eles podem conquistar” disse. 
O Prefeito Joaquim Neto fez questão de participar do momento e contou sobre a felicidade ao ver a obra escrita.
“Ver essas crianças inspiradas e empolgadas com a literatura é gratificante, a gente percebe tanto a alegria deles quanto da família que vê seus filhos no caminho certo, dedicados com os estudos” contou.
O Projeto, coordenado pela Professora Maria Gerlane, está em sua segunda edição. No ano passado os alunos escreveram um livro sobre o Folclore. 

Cultura e Lirismo: Projeto da Academia de Letras e Artes de Gravatá espalha poemas pela cidade.

4:20:00 PM

Cultura e Lirismo: Projeto da Academia de Letras e Artes de Gravatá espalha poemas pela cidade.


Quem estava no centro da cidade na manhã desta sexta-feira (09) se surpreendeu com o Projeto Encontro de Poesias, promovido  pela Academia de Letras e Artes de Gravatá, em parceria com as Secretarias de Educação e Assistência Social Juventude. Alunos de várias escolas espalharam literatura de cordel pelas ruas, levando cultura e lirismo para a população.
A iniciativa surgiu este ano, através da Presidenta da Academia de Letras, a Sra. Maria Célia. Ela conta como idealizou o projeto e fala sobre a sua importância.
“Tive inspiração em um projeto que conheci e que foi iniciado no Rio Grande do Sul. Creio que ele dará muito certo na nossa cidade. Hoje, nós iremos distribuir poemas de cordel para as pessoas e também vamos adesivar as lojas e carros com lindos textos”, explicou.
O evento foi iniciado por um desfile cívico dos alunos da Escola Nossa Senhora das Graças. Após trajeto pelas ruas do centro, o desfile se encerrou na Praça da Matriz, onde todos os outros estudantes envolvidos se encontraram para cantarem o Hino Nacional e, em seguida, distribuírem os cordéis.
A estudante do 2° Ano do Ensino Médio da Escola Salesianas, Larissa Solderine, aprovou essa iniciativa e fala sobre sua experiência de participar do projeto.
“A ação é incrível, pois faz com que os jovens tenham contato com a cultura, além de sermos incentivados a ler mais e até a escrever. Eu gosto muito de escrever, inclusive ja escrevi um poema. Sinto uma gratificação em participar disso, porque sei que estou incentivando a leitura, também, a outras pessoas”.
Mais de 100 alunos de seis escolas da cidade estavam presentes, como a Escola Salesianas, Capitão Jose Primo, Pequeno Príncipe, Nossa Senhora das Graças, Amenayde Farias e Edgar Nunes Batista.
Atualmente, a Academia de Letras e Artes de Gravatá conta com cerca de 30 acadêmicos e pretende alavancar ainda mais este número, na busca e valorização dos artistas e personalidades da cultura local.

Escola Municipal da Serra promove segunda edição do Musicart

4:57:00 PM

Escola Municipal da Serra promove segunda edição do Musicart


Nesta quinta-feira (8), acontece na Escola Da Serra o Musicart, um evento onde os alunos  do Programa Novo Mais Educação mostram  seus talentos para música e dança. O evento atrai estudantes de todas as idades.
O Musicart teve início no ano passado com o intuito de ensinar e divertir os alunos por meio da arte. A iniciativa surgiu do professor de música Josenildo Pereira, que percebeu desde cedo o talento dos seus alunos.
“Estou trabalhando aqui há dois anos, e desde que cheguei nesta escola eu vi o potencial dos estudantes. Eles se destacam muito nas área musical, tanto no canto quanto nos instrumentos. Me descobri na música em um projeto na escola e decidi dar continuidade a essa oportunidade”, explica.
Segundo a diretora da Escola da Serra, Leide Aragão, o desempenho dos alunos que participam deste evento tem melhorado bastante. 
“O Musicart é um projeto artístico e cultural, que é vivenciado principalmente pelos professores do Mais Educação. Descobrimos os pequenos artistas da nossa cidade e incentivamos a veia artística que eles possuem. Esse programa serve de inspiração para outras escolas, fazendo com que novos talentos sejam revelados”, comenta.
O Novo Mais Educação é realizado no contraturno escolar. Os alunos participam das aulas durante o ano inteiro e dão o seu melhor na hora das apresentações. A aluna do 8° ano, Maria Eduarda, que participou pela primeira vez do show de talentos e fala sobre essa experiência.
“Desde que o projeto começou eu tive vontade de participar. Consegui me inscrever esse ano e estou adorando cantar para a escola. Sempre recebi apoio dos meus pais e da escola, e isso é muito importante pra mim” fala.
O Programa Novo Mais Educação teve início em 2017 e  promove cerca de 19 oficinas aos alunos da rede municipal, além do reforço em Português e Matemática, são oferecidas as oficinas de teatro, karatê, dança, tênis de mesa, artesanato, capoeira, música, futsal, futebol, vôlei, xadrez, badminton, pintura, educação patrimonial, leitura e desenho. A inclusão social também é um dos objetivos do projeto, que abrange alunos com deficiências, incentivando-os a interagir com outras crianças.
Nesta sexta-feira (9), a Escola Municipal da Serra realizará às 13h o projeto “Pequenos Escritores”, que estimula a leitura e escrita dos alunos. O evento também contará com o lançamento do livro “Quem Somos” escrito pelos alunos do 4° ano.

Academia de Artes e Letras de Gravatá promove manhã cultural nesta sexta-feira (9)

1:33:00 PM

Academia de Artes e Letras de Gravatá promove manhã cultural nesta sexta-feira (9)


Poesia e cordéis formam a programação da “Divulgação de formas poéticas – Poesia Itinerante”, evento promovido pela Academia de Artes e Letras de Gravatá – ALAG. O encontro será realizado nesta sexta-feira (9), na Praça da Matriz, a partir das 9h.
Com o intuito de valorizar a cultura e incentivar novos artistas, os integrantes da ALAG irão declamar os poemas e realizar entrega de materiais e adesivação em lojas e veículos do centro comercial.
O evento é gratuito e conta com a participação das Secretarias de Educação e de Assistência Social e Juventude. A expectativa é que novos artistas sejam revelados.

Conferência Municipal de Educação reúne mais de 200 professores para debater metas do Plano Municipal

11:35:00 AM

Conferência Municipal de Educação reúne mais de 200 professores para debater metas do Plano Municipal


A Conferência Municipal de Educação, realizada nesta segunda (5) e terça-feira (6) reuniu os professores efetivos de Gravatá para elaborar estratégias e discutir as metas estabelecidas no Plano Municipal de Educação – (PME), elaborado em 2013 e com vigência até 2023.
A Conferência teve como objetivo cumprir o que é descrito em seu documento, no Art. 6, que prevê a promoção de conferências de educação para avaliar e monitorar a execução do que está inserido no PME.
Por dois dias, os profissionais da educação se debruçaram nas metas estabelecidas no PME, divididos em sete grupos, de acordo com suas áreas de atuação: Educação Infantil; Ensino Fundamental – Anos Iniciais e Finais; Educação do Campo; Educação de Jovens, Adultos e Idosos; Educação Especial e Inclusiva; Formação e valorização do magistério e Gestão e financiamento da educação, com o intuito de criar ou reelaboração as estratégias/práticas especificas para garantir que tais ações sejam cumpridas, como previstas em lei.
A Secretária de Educação, Iris Dias, conta como serão os próximos passos.
“A partir de agora, comissões de especialistas formadas pelos profissionais de ensino da rede e demais personalidades como, Secretários e membros dos Conselhos irão analisar as recomendações propostas na conferência de modo democrático e participativo para apresentar o resultado final e possíveis adequações, no prazo de 90 dias” disse.
O Prefeito Joaquim Neto participou ativamente do encontro, ouviu as propostas dos professores e reforçou o compromisso com a Educação de Gravatá.
“Nossa meta é otimizar a qualidade da educação do município e estamos unidos nesta missão. Foram momentos riscos de participação, debates, trocas de experiências e também de confraternização. Estamos juntos em um mesmo propósito e com um mesmo foco: nossos alunos” enfatizou.
O evento foi finalizado com uma confraternização entre os professores efetivos e contratados da rede municipal.

Conferência Municipal de Educação de Gravatá debate propostas para a rede nos próximos anos

11:29:00 AM

Conferência Municipal de Educação de Gravatá debate propostas para a rede nos próximos anos


Teve início na noite desta segunda-feira (5) a Conferência Municipal de Educação de Gravatá – 2018 no Hotel Villa Hípica.
Com o tema “O Plano Municipal de Educação e a construção da política educacional de qualidade”, a abertura do evento se deu com a palestra “O Plano Municipal de Educação e sua relação com a BNCC na elevação da qualidade da educação.” Estiveram presentes na ocasião o Prefeito Joaquim Neto, que realizou oficialmente a abertura das solenidades, a Secretária Municipal de Educação, Iris Dias, secretários e representantes da gestão e educadores que compõem os fóruns de educação, além do Presidente da Câmara de Vereadores, Leonardo José.
Com o objetivo de serem discutidas as metas estabelecidas no Plano Municipal de Educação – (PME), elaborado em 2013 e com vigência até 2023, cerca de 200 professores do município foram distribuídos, na manhã desta terça-feira (06), em sete grupos, de acordo com suas áreas de atuação: Educação Infantil; Ensino Fundamental – Anos Iniciais e Finais; Educação do Campo; Educação de Jovens, Adultos e Idosos; Educação Especial e Inclusiva; Formação e valorização do magistério; Gestão e financiamento da educação.
“Essa conferência representa uma oportunidade de monitorar o Plano Municipal de Educação, o qual nós, professores, construímos e, portanto, devemos fiscalizar as metas que estão sendo cumpridas. Devemos também entender o motivo de algumas delas não estarem sendo realizadas para que possamos identificar as falhas para saná-las. Este é um espaço para discussão e debate para enriquecimento da educação. Estávamos sentindo falta dessa aproximação com a gestão e com os profissionais. Hoje, Gravatá vive um momento com mais transparência, em que todos podemos discutir e trocar ideias”, destaca Joelma Maria de Carvalho, professora efetiva há 17 anos e membro da Diretoria Colegiada do SIP Sindicato dos Professores de Gravatá – (SIPROG).
A Secretária de Educação, Iris Dias, aproveitou o momento para relembrar o compromisso do governo municipal em promover o diálogo entre os diversos atores da educação municipal para criar novos caminhos para o alcance das metas estabelecidas.
“Os encontros precisam ser anuais, porque só sabendo onde estamos, é que podemos saber para onde queremos ir. Este ano já estamos alcançando grandes resultados com os professores efetivos e, a partir do ano que vem, queremos envolver também os contratados, para elaborarmos juntos o plano de metas”, falou.
José Honorato, professor da rede municipal há 12 anos, participou dos debates e classificou o momento como fundamental.
“Precisamos de mais momentos como este para trocar nossas experiências. Ouvir o que tem dado certo com nossos colegas e tentar colocar em prática é importante, porque precisamos ir atrás do que é bom e nos reciclar como profissionais. Apesar do Brasil estar em um momento difícil no que diz respeito à educação, acredito que com a ajuda de todos, iremos alcançar as metas, pois a mudança tem que envolver a sociedade, os professores, a gestão e os alunos” afirmou.
A programação continua nesta tarde, com a apresentação dos estudos e relatórios das metas e estratégias elaboradas pelas sete comissões e se estende até a noite com uma confraternização entre os professores efetivos e contratados de Gravatá.

Seleção Simplificada: Prefeitura de Gravatá convoca profissionais aprovados na Secretaria de Educação

4:13:00 PM

Seleção Simplificada: Prefeitura de Gravatá convoca profissionais aprovados na Secretaria de Educação



A prefeitura de Gravatá convoca alguns dos candidatos aprovados na Seleção Simplificada número 001/2017.
O candidato convocado deve comparecer a sede da Secretaria de Administração até cinco dias úteisA Secretaria fica localizada na rua Rui Barbosa, 150, e funciona das 7h às 13h. É necessário levar os documentos descritos nos itens 10.1 e 10.6 do EDITAL (cópia e original).
Confira os cargos convocados:
EDUCAÇÃO: Professor Anos Iniciais, Educação Infantil, Educação Jovens e Adultos Fases I e II (2) – CONVOCAÇÃO 113 – Educação
O processo terá validade de um ano, com possibilidade de prorrogação por igual período. Novas convocações serão realizadas em breve, os candidatos devem estar atentos ao site e redes sociais da Prefeitura de Gravatá.
 
Copyright © Rede Anuncio. Web Design Tiago Coelho