Notícias de "Economia"
Mostrando postagens com marcador Economia. Mostrar todas as postagens
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Comerciantes se preparam para receber a edição do Natal 2018


O Natal é uma das festividades mais aguardadas durante todo o ano. Em Gravatá, desde 2017, quando o Prefeito Joaquim Neto assumiu, a cidade voltou a comemorar o período com teatros, cantatas natalinas e decoração especial.
Na tarde de hoje, o Prefeito reuniu comerciantes do Polo Moveleiro para planejar a decoração no local. O espaço é um dos grandes atrativos da cidade, recebendo visitantes de diversos lugares.
“Estamos nos comprometendo com a iluminação do Polo e acertamos que cada comerciante decore a sua loja. A ideia é manter o local como um dos grandes cartões postais nesse Natal” destacou o Prefeito.
Olívia Neves trabalha no Polo há mais de 20 anos e diz que está ansiosa para a segunda edição da festa.
“Nós vimos que o ano passado foi bom e estamos animados para mais um ano . Pretendo decorar minha loja e investir ainda mais, esse é um evento que fortalece a economia e nos ajuda em um momento muito importante”, disse.
O Secretário de Turismo, Darlan Raphael, adianta alguns detalhes da segunda edição da festividades.
“Esse ano estamos preparando algumas surpresas para encantar ainda mais o público. Contaremos com um grande desfile com elementos natalinos que vão surpreender a todos”, contou
A programação do Natal 2018 será divulgada nos próximos dias.
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Prefeitura e TJPE realizam mutirão de cobrança dos Processos Executivos Fiscais


A Prefeitura de Gravatá e o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) estão realizando um mutirão para agilizar a citação das partes nos processos de Executivos Fiscais relativos ao Município. 
A ação que teve início nesta segunda-feira (5) segue até amanhã (6) com a intenção de criar acordos de pagamento e parcelamento referente a mais de 400 processos sobre a cobrança de Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial (IPTU) e Imposto Sobre Serviço (ISS).
O prefeito Joaquim Neto agradeceu a colaboração do Judiciário e falou da importância da arrecadação para a prestação de serviços. 
“Vivemos tempos difíceis na questão arrecadatória. Por isso, toda execução feita pelo Judiciário poderá auxiliar na compra de medicamentos, de ambulâncias, proporcionar investimentos na educação e em outros setores do município”, afirmou.
De acordo com a Secretária de Finanças, Paula Gama, a Prefeitura tem facilitado formas de pagamento para diminuir o número de inadimplentes.
“Realizamos isenção de juros e multas, parcelamos débitos de anos anteriores, fizemos uma intensa campanha de conscientização para que os contribuintes ficassem em dia com os impostos.” Ela explica que o município é obrigado por lei a encaminhar os inadimplentes ao TJPE “a cobrança é indispensável para evitar o crime de renúncia de receita” completa.
O mutirão está sendo realizado das 7h às 13h, no Fórum da Comarca de Gravatá, localizado na rua Quintino Bocaiúva, S/N, bairro do Norte. Servidores e estagiários da Secretaria Municipal de Finanças e da Procuradoria estão de plantão junto à equipe do TJPE.
convênio foi assinado em setembro pelo presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, corregedor-Geral de Justiça, desembargador Fernando Cerqueira e pelo prefeito da cidade, Joaquim Neto.
Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.

Mais investimentos: Prefeito anuncia novos recursos para Gravatá



O Prefeito Joaquim Neto retornou de Brasília na tarde desta quinta-feira (11) anunciando boas notícias para Gravatá.
O município receberá, através de emenda do Senador Armando Monteiro, um recurso de três milhões de reais que serão destinados à infraestrutura e à saúde pública. O anúncio foi feito durante visita de Joaquim ao gabinete do Senador durante esta semana, em Brasília.
“Esse dinheiro chega em boa hora. Vamos investir em melhorias na saúde e começar a pavimentação na zona urbana, uma das maiores demandas existentes hoje”, disse o prefeito.
Os investimentos não param por aí. O prefeito e a Secretária de Educação, Íris Dias, também estiveram no Fundo Nacional de Desenvolvimento de Educação – (FNDE) e já receberam aprovação para a construção de uma quadra, uma escola em tempo integral e três creches. Ao todo são 18 milhões de reais investidos na educação de Gravatá, recursos garantidos pelo Deputado Federal, Mendonça Filho.
“É muito importante acompanhar de perto o andamento desses investimentos. A partir de agora, vamos acelerar para dar início ao processo licitatório e iniciar as obras, fazendo todo o acompanhamento necessário junto ao Ministério da Educação para que comece o quanto antes a construção de mais uma escola e uma quadra poliesportiva”, esclareceu ainda Joaquim Neto.
Em Brasília, o gestor também esteve em reunião com o Deputado Federal Eduardo da Fonte na Caixa Econômica Federal, onde tratou sobre projetos que visam à melhoria das vias públicas da cidade, como a pavimentação de ruas que ainda não foram calçadas.

Rede Anuncio é uma revista online de Notícias de Pernambuco Nosso objetivo é informar aos 185 municípios pernambucanos o que acontece no estado.
Natal vai abrir 7.594 vagas temporárias em Pernambuco

Natal vai abrir 7.594 vagas temporárias em Pernambuco
Para empresários, contratações de fim de ano devem ser feitas entre novembro e dezembroFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Longe de atingir o patamar de 2014, quando mais de 490 mil pessoas entraram no mercado de trabalho pelas vagas temporárias de Natal, a temporada de contratação deste fim de ano, apesar de apresentar uma melhora, não deve empolgar. Isso porque, o contingente de desempregados no País é muito grande, mais de 12 milhões de pessoas, enquanto a previsão de criação de vagas temporárias deve ficar em 59,2 mil nos setores de comércio e serviços segundo pesquisa divulgada nessa terça-feira (9) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Em Pernambuco, dados da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem) sinalizam aumento de 9,9% em relação a 2017, com a criação de 7.594 postos temporários neste ano.

O número da Asserttem corrobora a previsão da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-Recife), que estima criação de 7 mil vagas temporárias na Região Metropolitana do Recife. “O que projetamos de diferente do ano passado é a taxa de aproveitamento desse efetivo, que deve ficar em cerca de 10%. Já o início dessas contratações, por ser um ano eleitoral, deve acontecer entre novembro e dezembro mesmo”, comenta o presidente da CDL-Recife, Cid Lôbo.

Além do setor de comércio, que responde por quase 60% das contratações temporárias, o de serviço também se mostra otimista com a chegada do fim de ano. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes seccional Pernambuco, André Araújo, o crescimento das contrações temporárias deve ser de 10%. “No fim do ano sempre há aquecimento na contratação temporária. Os melhores se destacam e acabam sendo aproveitados”, comenta Araújo.


Considerada uma oportunidade de recolocação profissional mais rápida, a previsão de alta nas contratações temporárias neste fim de ano reforça as conjecturas de retomada da economia brasileira. "Nesses momentos, fica difícil para as empresas investirem em despesas fixas, diante de receitas flutuantes ", afirma o presidente da associação. Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, os dados sinalizam uma recuperação gradual da economia e injetam otimismo para 2019. “Para um país que há pouco tempo fechava postos de trabalho, esse número serve de alento e oportunidade para muitas pessoas”, afirma ela.

Contraponto
Enquanto o cenário geral é de otimismo, previsão feita em setembro pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismos (CNC) diz que haverá recuo na criação de vagas temporárias. "Estimamos que ao contrário do ano anterior, que abriu 73,9 mil empregos temporários, em 2018, esse número deverá ser de 72,7 mil", prevê o economista da CNC, Fábio Bentes. Ele atribui o recuo ne geração de vags temporárias aos efeitos da greve dos caminhoneiros. "A paralisação de maio derrubou pela metade as mais positivas projeções de crescimento, e isso influenciará com certeza na criação de vagas no país", afirma. Seguindo a mesma linha de raciocínio, o economista da Fecomércio-PE, Rafael Ramos, é enfático: "Com base na avaliação do cenário geral, estimo que a queda deve ser de aproximadamente 2,0% na contratação de temporários em 2018", enfatiza o economista.

Fonte: Folha PE