De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, Robson Santos de Lima, de 38 anos, realizou golpes envolvendo compra e venda de imóveis no Recife e em João Pessoa

Preso suspeito de aplicar golpes em venda de imóveis em PE e na PB

Delegado Breno Varejão Foto: Divulgação/PCPE

Um homem 
suspeito de estelionato foi preso em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR), nessa quinta (18). De acordo com a Polícia Civil de PernambucoRobson Santos de Lima, de 38 anos, realizou golpes envolvendo compra e venda de imóveis no Recife e em João Pessoa, na Paraíba, e teve mandado de prisão expedido pela Justiça da Paraíba desde o mês de setembro.

Segundo o delegado Breno Varejão, titular da Delegacia da Rio Branco, Robson atuava juntamente com outros dois suspeitos, Washington Luiz de Castro Luna, 40 anos, e André Luís Araújo de Castro, 32 anos, presos na Paraíba em agosto quando estavam com uma vítima em um cartório para assinar o contrato de venda de um imóvel que não pertencia a eles. A vítima iria transferir um valor de R$ 12 mil de entrada. "Eles usavam os dados de Robson para alugar o imóvel e ter a posse e a chave para anunciar e transacionar de maneira fraudulenta", contou Varejão. "A polícia da Paraíba conseguiu prender os dois, mas Robson fugiu. Eles entraram em contato com a Polícia Civil de Pernambuco e pediram nossa colaboração para o cumprimento da prisão", acrescentou.

Leia também:
Suspeitos de latrocínio em Sirinhaém são detidos
Investida contra bancos no Agreste tem troca de tiros e suspeito morto


Ainda segundo o delegado, a PCPE se aprofundou no caso e verificou que existiam Boletins de Ocorrência registrados em Pernambuco contra Robson. "Em um deles, ele teria participado de uma venda de uma casa em Petrolina, na qual a vítima chegou a depositar R$ 15 mil para a conta de Washington, orientada por Robson, referente à entrada da compra", contou. Na ocasião, Robson acompanhou a vítima ao cartório, onde reconheceram firmas. "Quando a mulher percebeu ter caído num golpe, procurou a polícia", complementou Varejão.

Além disso, a polícia constatou mais dois registros contra o suspeito em relação a uma compra de pneus no valor de R$ 7 mil, que não foi paga. "Consta que uma terceira pessoa, de nome Gilberto, teria feito a transação e combinou de um portador, que seria Robson, buscar os pneus no estabelecimento comercial", disse o delegado.

Robson Santos de Lima foi encaminhado ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.
Axact

Tiago Coelho

Olá, Sou Criador do site rede anuncio, uma revista online de notícias de Pernambuco.

Post A Comment: