A seleção brasileira feminina de vôlei encerrou com vitória a participação na primeira fase do Campeonato Mundial, que está sendo realizado no Japão. Na manhã desta quinta-feira (4), a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães derrotou o jovem time do Cazaquistão em sete diretos, com parciais de 25/11, 25/20 e 25/13. A principal pontuadora foi a oposta Tandara, com 14 acertos. Agora, a seleção aguarda a agenda da segunda fase, na qual comporá o Grupo E, formado pelas quatro equipes classificadas pelo Grupo D, o do Brasil, e as quatro do Grupo A. Os adversários do Brasil serão Japão, Alemanha, Holanda e México. No Grupo ainda estão Sérvia, Porto Rico e República Dominicana, mas, como os enfrentou na primeira fase, o Brasil não jogará com esses times novamente. 

Leia também:
Mundial de Vôlei: Sérvia impõe primeiro revés ao Brasil
Mundial: Brasil bate República Dominicana e segue invicto
Brasil passa fácil por Porto Rico em estreia no Mundial
Mundial de Vôlei: seleção estreia visando título inédito
Mundial: sem sustos, Brasil bate Quênia e vai à 2º fase

Embora o time já estivesse classificado para a segunda fase do Mundial de Vôlei e a partida não exigisse tanto, José Roberto não adotou a política de poupar atletas. Entrou em quadra com suas titulares e pediu intensidade. Com excelente volume no fundo de quadra, a seleção brasileira dominou o placar no início do jogo sem ser ameaçada em momento algum.

Depois de um primeiro set fácil, o time perdeu um pouco a concentração, principalmente no setor defensivo, e permitiu ao Cazaquistão gostar do jogo. Apostando nas largadinhas, as adversárias chegaram a liderar o placar no segundo set por 12/10. Isso mudou após um puxão de orelha do treinador brasileiro. A seleção retomou a liderança no marcador e garantiu o 2/0. Natália e Adenízia foram as novidades do terceiro set, quando o Brasil voltou a apresentar o mesmo ritmo e volume defensivo do início da partida. Durante a parcial, entraram ainda Drussyla e Roberta, também com boas apresentações. Superior tecnicamente e ligado em quadra, o Brasil não teve dificuldades para selar a quarta vitória neste Mundial de Vôlei. Na primeira fase, sofreu apenas um revés, contra a Sérvia, que era esperada como a adversária realmente mais difícil do Grupo D. Os demais oponentes foram Cazaquistão, Quênia, República Dominicana e Porto Rico, todos derrotados pelo Brasil por 3x0.

   Mundial de Vôlei feminino - 1ª fase

29.09 (sábado) – Brasil 3 x 0 Porto Rico (27/25, 25/12 e 25/7)
30.09 (domingo) – Brasil 3 x 0 República Dominicana (25/15, 25/20 e 25/22)
01.10 (segunda) – Brasil 0 x 3 Sérvia (21/25, 18/25 e 19/25)
03.10 (quarta) – Brasil 3x0 Quênia (25/13, 25/10 e 25/16)
04.10 (quinta) – Brasil 3x0 Cazaquistão (25/11, 25/20 e 25/13)
Fonte: Folha PE
Axact

Tiago Coelho

Olá, Sou Criador do site rede anuncio, uma revista online de notícias de Pernambuco.

Post A Comment: