(Fotos: Divulgação)

Neste sábado (04), as 40 mulheres envolvidas no projeto “Vozes da Moda: Agreste 2030”, se reuniram mais uma vez no auditório da Secretaria de Políticas para Mulheres de Caruaru (SPM). A formação foi realizada com o intuito de oferecer para as caruaruenses envolvidas no ramo de confecções, a 2ª Oficina Mulheres na Confecção: Negociando Melhores Condições de Trabalho, promovida pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), e Prefeitura de Caruaru, através SPM.


O foco do encontro foi desenvolver a construção de ações coletivas para as pessoas envolvidas na cadeia têxtil do município. No último evento realizado no dia 21 de julho, o intuito foi o de promover o debate sobre o trabalho das mulheres na atividade de confecção, identificando espaços de construção de ações coletivas que possibilitem melhores condições de trabalho por meio do diálogo social. O projeto foi discutido com o Instituto C&A, que investe em pesquisas e estudos voltados para a área da melhoria das condições de trabalho nas cadeias têxteis e confecções.


A ação que vem sendo desenvolvida em Caruaru, tem o projeto original veiculado ao Instituto Etos, que trabalha com responsabilidade empresarial, o Repórter Brasil, que atua com investigação jornalística na área de cadeias produtivas com relação ao trabalho, e o Instituto Impacto, que trabalha na erradicação do trabalho escravo.


Axact

Tiago Coelho

Olá, Sou Criador do site rede anuncio, uma revista online de notícias de Pernambuco.

Post A Comment: