CTA é uma estratégia já existente no meio online e também está em nossa realidade sem percebermos. Por exemplo, nessas frases que vemos regularmente nas ruas:
“Entre, ar-condicionado”
“Insira sua sugestão aqui”
“Cuidado, piso escorregadio”
Essas frases estão na maioria dos comércios da cidade e servem para indicar que você tenha certo tipo de ação. Na área de marketing digital, esse modo de incitar a pessoa a fazer algo é chamado de CTA, e é comum visualizarmos em landing pages, e-mails e anúncios.

Mas o que significa CTA?

O CTA, call to action, em sua tradução literal significa “chamada para ação”. Ou seja, é qualquer imagem, botão, banner ou texto que direciona o usuário a clicar em determinado link ou fazer algo.
Os tipos de CTA são diversos e podem ser usados em links de navegação ou compras, para fazer uma inscrição, preenchimento de formulários, fazer um download, entre outros. Eles também podem ser classificados como:
  • Primários: são aqueles botões de funcionalidade da página, como: “compre aqui”, “adicionar ao carrinho”, “finalize sua compra” em sites de e-commerce.
  • Secundários: são aqueles links de sugestões que a página dá ao usuário. Por exemplo, ao buscarmos um produto em um e-commerce, o site irá indicar outros produtos relacionados que possam despertar seu interesse.
Outro exemplo de CTA secundário é quando estamos lendo um blog e ao final do texto, há uma indicação de outros textos e vídeos. Por exemplo, como farei agora:
Quer saber mais sobre como usar CTA? Acesse o nosso canal no YouTube e veja o vídeo.
Simples, né? 🙂
Mas calma que esse texto ainda não acabou! Vamos te explicar porque os CTAs são importantes em anúncios e em postagens de Facebook.

Os CTAs em anúncios e em publicações do Facebook

Os call to actions dependem do que a empresa quer que o visitante realize para comprar ou saber mais sobre certo conteúdo, produto ou serviço. Por isso, é uma estratégia importante no processo do funil vendas, pois é a ponte de conversão do seu consumidor para ele escolher sua marca.
Em anúncios e publicações no Facebook, o CTA é imprescindível para gerar novos leads e ter mais visualizações em seu site, facilitando a venda final. Para isso, é importante inserir os CTAs corretos em locais estratégicos para gerar interesse no público.

Qual é a melhor maneira de aplicar o CTA?

Hoje, a maioria dos CTAs são aplicados em Inbound Marketing, pois já foi comprovado que os consumidores preferem conteúdo relevante em vez do excesso de propagandas.
Por exemplo, imagine que você é essa persona e acontece a seguinte situação:
  1. Você é um microempreendedor em crescimento e curte uma página no Facebook de dicas e histórias de grandes empreendedores;
  2. Ao navegar pela página, você lê uma postagem sobre “Quer saber mais como ser um empreendedor de sucesso? Clique aqui“;
  3. Ao clicar, você é indicado a baixar grátis um e-book sobre “10 passos para se tornar um grande empreendedor”;
  4. Porém, para baixar o e-book é necessário preencher um formulário em uma landing page para liberar o download;
  5. Ao preencher o formulário o e-book está lá, prontinho para fazer o download;
  6. Pronto, você fez o download, leu e gostou;
  7. E aí, depois de um tempo você visualiza um anúncio na internet de promoção de um curso de empreendedores;
  8. Para receber a promoção e fazer o curso, existe um CTA de “compre aqui pelo preço promocional!”;
  9. Pronto, você clica e compra o curso da empresa.
Todo esse processo de venda, desde a geração de conteúdo até a venda final foram incitados pelos CTAs em uma postagem no Facebook e anúncios, que estão nas expressões em negrito do texto: “baixe grátis, clique aqui, faça o download, compre aqui”.
Esse processo teve sucesso, também, porque a empresa soube estudar o público, definir a persona e entender o funil de vendas. E, é claro, os botões de call to action estiveram presentes em todos os passos.
Axact

Tiago Coelho

Olá, Sou Criador do site rede anuncio, uma revista online de notícias de Pernambuco.

Post A Comment: