Você gosta de ficar esperando o seu pedido no restaurante? Ou de ficar na fila do banco? Congestionamento acho que você também não gosta, né? Claro que não! Ninguém gosta de ficar esperando, e não é culpa de uma geração imediatista, mas de prazos cada vez mais curtos. Imagino que você já teve a sensação de ter muita coisa para fazer, mas pouco tempo para executar. E isso é normal. Sempre buscamos formas de otimizar o nosso tempo. Porém, quando algo demora, ficamos insatisfeitos, pois pode afetar em outras atividades do nosso dia. Então, deixamos de comer em determinado lugar, de pagar contas naquele banco ou de pegar aquele trajeto, afinal, nossa experiência não foi nem um pouco positiva.

Dessa mesma forma funciona a experiência do usuário no mundo digital. O chamado UX (User Experience) é a forma como visitantes, ou mesmo clientes, navegam pelo seu site. Um relatório feito pela Dynatrace mostrou que 88% dos usuários não voltariam a uma loja virtual que proporcione uma má experiência de uso. São vários fatores que estão envolvidos com a experiência do usuário (UX), como o visual, interatividade, intuitividade, o site ser responsivo para dispositivos móveis (celulares e tablets) e velocidade. Vamos entender por que a velocidade do seu site é tão importante:

A atenção do usuário na internet é curta


Já reparou quanto tempo que você fica em uma página no Facebook ou em um perfil no Instagram? Esse tempo é bem curto, pois a atenção na rede é muito dispersa. Ao rolar a barra infinita do Facebook, do Instagram ou do Twitter, você vê várias postagens, coisas engraçadas, notícias importantes e momentos bonitos, mas nada que te prenda por mais de um ou dois minutos.

E quando estamos em um site não é diferente. Buscamos as informações rapidamente, se não a encontramos de um modo fácil, já saímos da página e entramos na próxima. Se esse site demorar para carregar então, já pulamos na hora para o próximo. Assim, quanto mais veloz o carregamento da página, mais fácil será prender a atenção do usuário para navegar no site.

47% dos usuários esperam que uma página carregue em menos de 2 segundos


Segundo a Kissmetrics, 47% dos usuários esperam que uma página carregue em dois segundos ou menos, e 40% abandonam o site se ele demorar mais de três segundos. Pense que você tem 200 mil visualizações em seu site, caso ele leve mais de 3 segundo para carregar, você pode perder 80 MIL VISITANTES.

Isso pode ser explicado pelo aumento no número de pesquisas através de dispositivos móveis. De acordo com a empresa de inteligência SEMrush, 55% das pesquisas feitas no Google entre 2016 e 2015 foram através de smartphones. E como ninguém quer gastar toda a franquia de dados móveis, é fácil entender por que a taxa de rejeição para sites lentos é tão alta.

Sites lentos reduzem a satisfação do cliente


A mesma pesquisa apontou o atraso de apenas 1 segundo reduz em 16% a satisfação dos clientes com a página. Isso só aumenta a chance de eles não retornarem ao site, ou pior, relatarem a má experiência para amigos.

Cada segundo de demora para carregar reduz 7% da conversão


velocidade de carregamento de um site não exerce efeito apenas no tráfego, mas também na taxa de conversão do site. O levantamento da Kissmetrics também apontou uma queda na conversão de 7% por cada segundo extra que uma página leva para carregar. Da mesma forma, aumentar a velocidade de um site em dois ou três segundos pode aumentar o faturamento em 3,2%.

Ou seja, se um e-commerce vende mil reais por dia, cada segundo de demora para carregar a página reflete numa perda de 25 mil por ano. Praticamente um mês de faturamento jogado fora.

O UX permite que o usuário gaste mais tempo navegando pelo seu site, do que esperando as informações serem carregadas. E para e-commerce isso é ótimo, já que os consumidores ficam mais propensos a adicionar itens ao carrinho.

A má performance de um site afeta em seu posicionamento orgânico


O Google quer continuar sendo o maior buscador do mundo. Para isso, ele procura oferecer os melhores resultados. E oferecer um site lento e desagradável não é uma opção. Dessa forma, a velocidade do seu site é um dos fatores relevantes para o rankeamento nos resultados de busca. Segundo o buscador, um site com problemas de performance é impactado negativamente. Isso porque o Crawler – robô do Google – leva mais tempo para indexar sites lentos.

Então, se seu site está lento, ele pode ter menos páginas indexadas pelo buscador, o que é uma péssima estratégia de SEO, já que ele não aparecerá nos resultados de pesquisas.

Se você quer vender, ter visibilidade digital e principalmente sucesso, você precisa estar atento à performance do seu site. O erro de muitas empresas é não se preocupar com a experiência do usuário, gerando experiências negativas que acabam frustrando e afastando clientes.

Se você busca ganhar espaço nesse ambiente tão competitivo que é a internet, precisa dedicar tempo, energia e recursos necessários para tornar o seu site a melhor experiência possível para o seu visitante.
Axact

Tiago Coelho

Olá, Sou Criador do site rede anuncio, uma revista online de notícias de Pernambuco.

Post A Comment: